terça-feira, 27 de outubro de 2009

Pastafarianos recorrem à justiça contra ENEM

Os Pastafarianos, seguidores do Monstro Espaguete Voador, pedem para não realizar o ENEM porque o Monstro Espaguete não permite competições de qualquer tipo entre Seus adoradores. Um exame nacional colocaria os Pastafarianos em posições diferentes, o que enfureceria a Divindade Espaguete com resultados imprevisíveis para toda a humanidade. Como todos sabemos o universo foi criado pelo Monstro Espaguete Voador há 18.342 anos atrás e pode ser destruído a qualquer instante se Seus mandamentos forem desobedecidos.

Interessante que a tradição judaica proíba a participação num exame escolar e permita o bombardeio de bairros densamente povoados de palestinos. Preciso estudar melhor esse tal Jeová para entender porque uma prova escolar é menos aceitável que um massacre. Os seguidores do Monstro Espaguete Voador não podem massacrar ninguém por motivo nenhum. A vida foi criada pelo Monstro Espaguete e só Ele pode tirá-la.

TRF determina troca de data de Enem para grupo de judeus

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) determinou na tarde desta segunda-feira, 26 de outubro, que o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) designem nova data de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para 22 alunos judeus, ligados ao Centro de Educação Religiosa Judaica de São Paulo.

Segundo informações publicadas no site do TRF, A medida foi representada pelo advogado Rogério Terra. O desembargador federal Mairan Maia é o relator do processo no TRF-3.

O Enem será realizado nos dias 5 e 6 de dezembro - respectivamente, sábado e domingo. A tradição judaica contempla o shabat - quando, aos sábados, os fieis ficam impedidos de realizar determinadas atividades. A decisão do TRF-3, no entanto, só faz menção a este grupo de alunos. Por enquanto, não está prevista medida que abarque toda a comunidade de alunos brasileiros que seguem a religião judaica.

2 comentários:

Pires disse...

Esses maravilhosos juizes(as) e desembargadores(as) do incansável TRF 3 que, dia e noite trabalha pelo bem da justiça para todos mostra, uma vez mais, que não levam em conta a cor de pele para suas decisões. Tanto é assim que, esse grupo de alunos, originários da Africa e seguidores da UMBANDA e FEITIÇARIA, conseguiram a remarcação das provas do falido ENEM do governo LULA.

lamps disse...

HAIL espaguete voador!

Vc acaba de subir no conceito de todos os nerds do mundo. Hehjehjehehe

Real Time Web Analytics